Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info

João Martins Madeira
A documentação tratada relaciona-se com a atividade desenvolvida por João Martins Madeira na Marinha Mercante e como sindicalista.
Contém ainda documentação de Conferências Internacionais do Trabalho da OIT, e de conferências nacionais como seja a 1.ª Conferência Nacional de Organização Sindical da CGTP-IN (1989), bem como de congressos da CGTP. Realce-se igualmente documentos produzidos por vários sindicatos (comunicados, atas, etc.) e imprensa periódica sindical, relacionada com o sector naval e da marinha mercante (como por exemplo, O Marinheiro e o Boletim Informativo do Sindicato dos Marinheiros). Encontram-se igualmente neste fundo numerosos recortes de imprensa sobre questões políticas e lutas de trabalhadores, com incidência para as décadas de 1970 e 1980.
Para além disso, há diversos documentos de organizações políticas, em particular do PCP(R) e uma coleção de autocolantes do período pós-25 de Abril (UDP, PCP(R), Sindicatos, Associações de Moradores, 1.º de Maio, 25 de Abril, organizações e partidos comunistas internacionais) e algumas EP’s da Festa do Avante.
Faz ainda parte deste arquivo um conjunto de fotografias de João Martins Madeira e da família, bem como de amigos, de paisagens e acontecimentos diversos, e ainda alguns postais de locais onde andou embarcado. Algumas fotografias familiares serão anteriores ao nascimento de João Martins Madeira, embora só um estudo mais aprofundado do contexto da sua produção o possa vir a confirmar. Os documentos posteriores ao seu falecimento estão relacionados com o seu óbito, e foram mantidos junto da documentação pela família.

Nota biográfica/Institucional
Sindicalista.
João Martins Madeira nasceu na freguesia de São Sebastião, concelho de Loulé, a 25 de dezembro de 1930. Filho de João Carmo Madeira, distribuidor de correios, e de Maria Conceição Martins, doméstica, ambos naturais do concelho de Loulé.
No dia 23 de janeiro de 1955 casou com Maria de Lurdes Martins.
Desde os 18 anos que andou embarcado em navios da Marinha Mercante Portuguesa. Foi Presidente da Direção do Sindicato dos Marinheiros desde 1973, Marinheiro de 2.ª da Companhia Portuguesa de Transportes Marítimos (CTM), designadamente, no Paquete Funchal. Detentor de uma grande experiência sindical a nível nacional e internacional, participou em conferências internacionais do trabalho da OIT, como representante dos trabalhadores do mar, como é o caso da Conferência Preparatória Marítima em outubro de 1975 e na 62.ª Conferência Marítima de 1976, realizada em Genebra.
Ao longo da sua carreira como sindicalista, João Martins Madeira destacou-se na conquista e defesa de vários direitos e regalias dos trabalhadores da marinha mercante portuguesa.
Morreu a 21 de abril de 1998.

Dimensão
21 unidades de instalação

Estado de Tratamento
Parcialmente tratado