Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info

Arquivo da Resistência Timorense
O Arquivo da Resistência Timorense é constituído por mais de 150 fundos documentais entregues, em momentos sucessivos, pelas populações, as quais responderam assim ao apelo dos dirigentes da Resistência, de modo a poder ser preservada a memória da sua luta. A Fundação Mário Soares e Maria Barroso, por seu lado, tratou essa documentação, procedendo a operações de conservação e reprodução, em termos que permitissem a sua gradual disponibilização pública. Este arquivo, organizado cronológica e tematicamente, reúne designadamente documentação da Resistência Armada, da Frente Clandestina, da Frente Diplomática, da Resistência Juvenil, das organizações de Solidariedade, da Igreja Católica, de Organizações Internacionais e ainda Documentação Indonésia, Recortes e Imprensa.

Instituição
Arquivo & Museu da Resistência Timorense

Nota biográfica/Institucional
O Arquivo & Museu da Resistência Timorense (AMRT), criado em 2005, é uma entidade especialmente vocacionada para a preservação da memória e do património histórico nacional e para a divulgação dos valores da Luta de Resistência do Povo de Timor-Leste, especialmente junto das camadas mais jovens. Para o efeito, o AMRT assume-se como um protagonista cultural que se propõe realizar, promover e patrocinar ações de natureza cultural, científica e educativa nos domínios da preservação e divulgação da Memória da Luta de Resistência do Povo de Timor-Leste, do reconhecimento e valorização social dos Veteranos, da consolidação da identidade nacional, da história contemporânea de Timor-Leste e da promoção da Paz e do respeito pelos Direitos Humanos.

Estado de Tratamento
Parcialmente tratado

Documentação disponibilizada online com o apoio de: