Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info

Dalila Mateus
Coleção de cartazes de propaganda da FRELIMO e do MPLA alusivos às lutas de libertação de Moçambique e Angola e à proclamação das respetivas independências.

Instituição
Fundação Mário Soares

Nota biográfica/Institucional
Professora e historiadora.
Dalila Cabrita Mateus nasceu em Viana do Castelo, em 1952. Professora do ensino secundário e investigadora em História.
Licenciou-se em História obtendo também o diploma de Estudos Superiores Especializados em Administração Escolar. Fez o mestrado em História Social Contemporânea no ISCTE e doutorou-se em História Moderna e Contemporânea.
Foi investigadora do Instituto de História Contemporânea da FCSH, consultora do projeto norte-americano ALUKA para a escolha de material dos arquivos portugueses com vista à formação de uma biblioteca digital sobre a luta de libertação nacional em Moçambique.
Participou em congressos e conferências nacionais e internacionais sobre a problemática das lutas de libertação nacional.
Autora e coautora de artigos e livros, entre os quais: "A Luta pela Independência"; "A PIDE-DGS na Guerra Colonial" (Terramar, 2ª edição, 2011); "Memórias do Colonialismo e da Guerra" (ASA, 2008); "Nacionalistas de Moçambique" (Texto, 2010); "Angola 61: Guerra Colonial, Causas e Consequência" (Texto, 3ª edição, 2011); "Purga em Angola" (Texto, 8ª edição, 2013).
Escreveu vários livros com o historiador Álvaro Mateus, antigo chefe da escola de quadros do PCP e o único jornalista português a visitar as regiões libertadas da Guiné-Bissau durante a guerra colonial.
Morreu em 2014.

Dimensão
1 unidade de instalação

Estado de Tratamento
Integralmente tratado